"BLOOM: O VERÃO EM QUE O AMOR CRESCEU"

Agora que o ensino médio acabou, Ari está morrendo de vontade de se mudar para uma cidade grande com os integrantes de sua banda incrível. Isso se ele conseguir convencer seu pai a deixá-lo largar o emprego na padaria da família que está em dificuldades. Embora adorasse trabalhar lá quando criança, Ari não consegue imaginar desperdiçar a vida em meio a massa crescendo e fornos quentes.

Mas ao entrevistar candidatos para seu substituto, ele conhece Hector, um cara descolado que adora cozinhar tanto quanto Ari quer escapar de lá. À medida que eles se aproximam enquanto fazem filões de pão, o amor está pronto para florescer. Isto é, se Ari não estragar tudo.

"Bloom" é uma HQ escrita por Kevin Panetta e ilustrada por Savanna Ganucheau. Ambos os criadores dizem que ouviram música durante a criação da HQ e também fizeram as receitas que são vistas ao longo da história. Sabendo disso, dá para entender por que "Bloom" mostra tão bem a paixão de Hector por cozinhar e por que são tão cativantes as cenas aonde os personagens se conectam ao cozinharem juntos.

Ari não é um personagem para se gostar logo de início. Ele é imaturo, não sabe o que quer e acaba ferindo as pessoas ao seu redor por ser inseguro em suas decisões. Sua vontade é de deixar a padaria da família para trás e perseguir seu amor por música, mudando-se com seus amigos de banda. Mas Ari não parece realmente gostar disso tanto assim. Ele também não se impõe quando os amigos, principalmente um deles, age de maneira horrível com ele e com Hector, que fica chateado com isso.


Já Hector é o oposto, ele sabe o que quer e é realmente apaixonado por cozinhar. Hector também está em uma fase de mudanças, prestes a entrar na faculdade, mas tendo que lidar com um término e com a perda da avó. Hector é o tipo de pessoa que é procurado pelos amigos quando eles tem problemas, mas quando ele mesmo preciso desabafar, encontra dificuldades. Hector é uma pessoa decidida, enquanto Ari preciso amadurecer ainda. E é durante os meses que Hector passa trabalhando na padaria da família de Ari que os dois se conectam. Eles passam muito tempo juntos e viram grandes amigos antes de qualquer coisa.



"Bloom" mostra que nada é perfeito, que em um relacionamento podem haver erros, principalmente quando é mostrado as várias vezes que Ari acaba pisando na bola com Hector. Esse tempo juntos mostra para Hector que é possível que ele se abra com alguém e não só seja a pessoa que ouve. E também mostra para Ari que ele precisa mudar, precisa decidir o que quer para assim não machucar aqueles ao seu redor por causa de suas incertezas e dores.



É legal ver também que a sexualidade dos personagens em nenhum momento é problema. Os dois já estão bem seguros quanto a isso e o desenvolvimento do relacionamento deles se desenvolve devagar e com muita naturalidade. É uma HQ que agradará fãs de "Heartstopper"? Com certeza. Apesar de a história ser bem diferente, os personagens lembram um pouco Nick e Charlie.


"Bloom" é uma HQ única, que merece ser lida, ainda mais, por quem procura histórias leves com personagens LGTBQIA+. O título é publicado aqui no Brasil pela Conrad Editora e será lançada oficialmente durante a Poc Con, no dia 18/06 às 10h.

228 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo