PARTICIPE DO EVENTO BOYS' LOVE: A HISTÓRIA E FORMAÇÃO DO BL NA ÁSIA

Como parte de uma série sobre a cultura pop, The Japan Foundation, Nova York iniciou uma série especial sobre cultura feminina para fornecer uma compreensão mais ampla e profunda sobre as raízes da cultura pop das garotas japonesas. Nos dois últimos episódios eles abordaram temas como Shoujo Mangá e [...]



[...] Takarazuka Revue (companhia de teatro japonesa formada exclusivamente por mulheres).



Para o terceiro episódio, a fundação falará sobre o gênero Boys' Love (BL) e sua explosão nas mídias por toda a Ásia. BL é um conteúdo romântico homoafetivo originariamente idealizado e comercializado para mulheres e criado por artistas de mangá femininas no Japão que visavam desafiar as normas sexuais e de gênero na década de 1970. Ao longo dos anos, assistimos a um tremendo crescimento em popularidade do BL, que se tornou um fenômeno global, expandindo-se para mídias como anime, ficção em prosa, dramas live-action e fan fictions. À medida que o BL foi se tornando mais popular em outras partes da Ásia, ele evoluiu de forma única em cada país asiático, assumindo novos significados e formas dentro de suas próprias culturas.


O painel de discussão contará com quatro especialistas em Boys' Love: Akiko Mizoguchi, Hyojin KIM, Kristine Michelle Santos e Thomas Baudinette. Eles mergulharão na história e na transformação do gênero BL na Ásia através de exemplos do Japão, Coréia do Sul, Filipinas e Tailândia, enquanto exploram a popularidade transnacional e a influência cultural do gênero BL na Ásia.


A discussão será seguida de uma sessão de perguntas e respostas ao vivo. É possivel deixar a sua pergunta ao se cadastrar no evento pelo site da Eventbrite. Os comentários também ficarão ativos durante a transmissão do YouTube para que você possa participar igualmente.


Este é um evento GRATUITO. Os inscritos receberão o link da transmissão por e-mail.


Conheça os Especialistas



Dra. Akiko Mizoguchi (Posição Superior Esquerda)


Akiko Mizoguchi é uma teórica da cultura visual queer de Yokohama, Japão, e atualmente bolsista no The Suzy Newhouse Center for the Humanities, Wellesley College. Ela publicou extensivamente sobre cinema, arte contemporânea e mídia LGBTQ+. Seu trabalho se concentra particularmente no mangá “Boys’ Love” ou “BL” (quadrinhos japoneses) – quadrinhos de romance entre homens escritos principalmente por mulheres e comercializados para o publico feminino no Japão. Akiko escreveu dois livros premiados sobre o assunto em japonês: Theorizing BL As a Transformative Genre: Boys' Love Moves the World Forward (2015) e Theorizing BL as a Transformative Genre (“Dialogue Edition”): Visiting the Sites Where Boys ' Love Is Born (2017) que foram traduzidos para chinês e coreano.


Dr. Hyojin KIM (Posição Inferior Direita)


Hyojin KIM é Professora Assistente do Instituto de Estudos Japoneses da Universidade Nacional de Seul. Com especialização em antropologia cultural, seus interesses estão na cultura japonesa Otaku e Fujoshi e seus impactos na cultura popular coreana, incluindo o intercâmbio cultural entre a Coréia e o Japão desde o pós-guerra e a mudança na relação entre a sociedade japonesa e a cultura Otaku em geral. Hyojin escreveu vários artigos e livros em coreano, japonês e inglês e seu último artigo em inglês é "Rethinking the Meaning of Boys Love in an Era of Feminism: Online Discourse on “Leaving BL” in Late 2010s Korea" in Queer Transfigurations: Boys Love Media in Asia (2022, a ser lançado).


Dra. Kristine Michelle Santos (Posição Inferior Esquerda)


Kristine Michelle “Khursten” Santos é professora assistente do Departamento de História e do Programa de Estudos Japoneses da Universidade Ateneo de Manila. Suas áreas de estudo incluem gênero, história cultural focada em culturas queer e jovens na Ásia. Ela escreveu e apresentou trabalhos queer e sobre a cultura boys' love em várias conferências e com publicações acadêmicas. Sua última publicações inclui “Queer Affective Literacies: Examining “Rotten” Women’s Literacies in Japan” in Critical Arts intitulada The Bitches of Boys Love Comics: The Pornographic Response of Japan’s Rotten Women publicada na revista Porn Studies. Fora da academia, ela também é uma das organizadoras fundadoras do Lights Out, a primeira convenção BL não apenas das Filipinas, mas do Sudeste Asiático, desde 2004. O evento foi renomeado como BLush desde 2012.


Dr. Thomas Baudinette (Posição Superior Direita)


Thomas Baudinette é Professor Sênior de Estudos Japoneses e Internacionais na Macquarie University, Austrália. Antropólogo cultural, sua pesquisa etnográfica se concentra em como a cultura pop espalha o conhecimento sobre gênero e sexualidade no Oriente e no Sudeste Asiático. Thomas também publicou amplamente sobre as possibilidades queer do fandom de mídia japonesa em toda a Ásia-Pacífico. Thomas escreveu dois livros: Regimes of Desire: Young Gay Men, Media, and Masculinity in Tokyo (University of Michigan Press, 2021) e Boys' Love Media in Thailand: Celebrity, Fans, and Transnational Asian Queer Popular Culture (Bloomsbury, a ser lançado) . Atualmente, ele está estudando os fãs LGBTQ+ de K-pop, com foco particular foco no "ship" de idols.


32 visualizações0 comentário